Sistema escolar atraente

8,4 milhões de alunos estudam em escolas de formação geral
8,4 milhões de alunos estudam em escolas de formação geral Thomas Trutschel/Photothek via Getty Images
O ensino é obrigatório para todas as crianças na Alemanha. A competência para o sistema escolar é dos estados.

A competência para a educação escolar na Alemanha recai sobretudo sobre os 16 estados. Por isso existem diferentes sistemas, currículos e tipos de escola. A Conferência Permanente dos Secretários de Educação (KMK em alemão) garante a equivalência ou equiparação dos cursos e conclusões. No ano escolar 2016/2017, cerca de 11 milhões de alunos frequentaram as 42.322 escolas de formação geral e profissionalizante, nas quais ensinam 798.180 professores. Além disso, 990.402 alunos estudam em 5.836 escolas particulares de formação geral e profissionalizante. A duração do ensino obrigatório é de nove anos para todas as crianças a partir dos seis anos. O ­incentivo da formação infantil na idade pré-escolar e o entrosamento com o setor de educação primária é ao mesmo tempo uma das grandes preocupações da política educacional. O país conta hoje com 20 mil escolas de tempo integral em pleno funcionamento. No sistema de ensino em turno integral se deposita a esperança de mais igualdade de oportunidades, principalmente para crianças oriundas de classes com baixo nível de formação.

picture alliance/JOKER

As escolas públicas são gratuitas. O sistema escolar tem uma estrutura vertical e está divido em três ciclos: o ciclo primário e os ciclos secundários I e II. Em geral as crianças frequentam durante quatro anos o ciclo primário comum (em Berlim e Brandemburgo, o ciclo primário dura seis anos). A seguir, há três tipos de escolas secundárias padronizadas: a Haupt­schule (da 5ª à 9ª ou 10ª série), a Realschule (da 5ª à 10ª série, confere o certificado de conclusão do nível médio “Mittlere Reife”) e o ginásio (da 5ª à 12ª ou 13ª série, confere a maturidade escolar para a escola superior/Abitur). Os três tipos de cursos são oferecidos em escolas separadas ou em escolas integradas que reúnem dois ou – como as Gesamtschulen – três tipos diferentes de formação secundária para facilitar a mudança entre os diversos tipos. A denominação dos tipos de escola varia de acordo com o estado, apenas o ginásio mantém o mesmo nome em todos eles. Cerca de 440 mil alunos receberam em 2017 o certificado de maturidade escolar para a escola superior ou escola superior de ciêncas aplicadas. Existem escolas próprias para crianças com necessidades especiais adaptadas ao tipo de necessidade existente. Mas a aprendizagem conjunta de crianças com e sem necessidades especiais deve ser fomentada de acordo com a Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência.

A formação em 140 escolas alemãs em 72 países, onde cerca de 22 mil alunos alemães e 60 mil não alemães estudam juntos, é considerada excelente. As escolas são em geral particulares, mas recebem recursos financeiros e de pessoal através da Central das Escolas Alemãs no Exterior (ZfA em alemão). Desde 2008, o Ministério das Relações Externas coordena em parceria com a ZfA e o Instituto Goethe o programa “Escolas: uma parceria para o futuro” (PASCH em alemão), com o intuito de ampliar a rede de alunos de língua alemã. O programa abrange cerca de 2 mil escolas com 500 mil alunos de alemão em todo o mundo.

Related content