Política ativa

O Parlamento em Berlim é o palco político. O 19º Parlamento alemão é composto por 709 representantes
O Parlamento em Berlim é o palco político. O 19º Parlamento alemão é composto por 709 representantes RONNY HARTMANN/AFP/Getty Images
Da agenda do governo federal fazem parte temas como a organização da imigração, o fortalecimento da coesão social e o desenvolvimento da digitalização.

“Um novo impulso para a Europa. Um novo dinamismo para a Alemanha. Uma nova coesão para o nosso país” foi o título escolhido pela Grande Coalizão para a sua plataforma de governo até 2021. Ela quer empenhar-se por um fortalecimento da União Europeia como garantia de paz, segurança e bem-estar. Com a meta de um orçamento equilibrado, atingida desde 2014, o governo federal assume responsabilidade pela estabilidade da moeda e dá exemplo para seus parceiros da Zona do Euro. Ao mesmo tempo, sinaliza sua disposição de dar maior contribuição para o orçamento da UE. Juntamente com a França, o governo federal deseja fortalecer e reformar a Zona do Euro, a fim de que o euro possa resistir melhor às crises globais.

dpa/Sören Stache

Para a Alemanha, o governo quer lograr que a boa situação econômica beneficie a todos. Isso deve criar mais justiça social e fortalecer novamente a confiança das pessoas na capacidade de ação da política.

O resultado da eleição federal de 2017 trouxe elevadas perdas para os partidos tradicionais, que já governavam na legislatura passada. Grande votação foi registrada em prol do partido populista de direita AfD, que ingressou no Parlamento Federal pela primeira vez e como o mais forte partido de oposição. Apesar da contínua conjuntura positiva, muitas pessoas veem o futuro com preocupação. A partir disso, o governo federal concluiu que deve fomentar a coesão social no país e superar as divisões. Assim, o governo pretende fortalecer as famílias, melhorar a assistência na velhice e no desemprego, fomentar a educação, as inovações e a digitalização. Um ponto central é uma regulação mais objetiva da imigração, bem como uma melhor integração dos imigrantes. A Lei Fundamental garante aos perseguidos políticos o direito básico ao asilo. A Alemanha continuará ajudando pessoas com direito ao asilo. Ao mesmo tempo, o governo federal aumentou seus esforços para que deixem o país as pessoas sem perspectiva de obter visto de permanência. O governo espera que a reforma do Sistema Europeu Conjunto de Asilo seja concluída em 2018.

Dando continuidade ao êxito

Já na legislatura passada, o Parlamento Federal fixou pela primeira vez um salário mínimo válido para todos os setores. Em 2018, ele é de cerca de 8,84 euros por hora de trabalho e é revisado regularmente.

A introdução de uma cota de mulheres na cúpula de grandes empresas ocorreu em 2016. Desde o final de 2017, tais empresas cumprem a norma de que pelo menos 30 % dos conselhos fiscais sejam ocupados por mulheres. No final de 2017, a cota de mulheres nos conselhos fiscais das 200 maiores empresas era de 25 %.

O constante desenvolvimento da virada energética, com a qual a Alemanha aumentou sua cota de energia regenerativa, assim como a ampliação da infraestrutura digital continuam sendo prioridades.

Related content