O “eu” digital e o estilo de vida urbano

Betsie Van Der Meer/Getty Images
Geração móvel: os jovens ­alemães gostam de conhecer o mundo. Seja nos confins das ­redes sociais, mas também na 
vida real. O que conta é cosmopolitismo.

Como você, os jovens na Alemanha são modernos cidadãos do mundo e têm sede de conhecimento. Eles estão conectados com seus amigos através das mídias sociais e querem saber o que os outros fazem. Obviamente, eles também têm amigos de diversos países na vida real. A maioria dos jovens alemães vê a globalização como uma chance. Quase um em quatro jovens adultos já viveu no exterior. Muitos acham muito importante passar um ano escolar ou um período de estudo em outro país. Alguns adquirem as primeiras experiências no exterior e de trabalho através do Working Holiday Programm.

A Alemanha é um país em que pessoas do mundo inteiro convivem em paz. Imigrantes e seus filhos trazem consigo novos impulsos e perspectivas. Na cultura popular jovem as grandes estrelas costumam ser jovens com origem migratória. E nem é preciso dizer que a ­receita para o sucesso da seleção alemã de futebol é seu cosmopolitismo. Sami Khedira, Jérôme Boateng, Mesut Özil ou İlkay Gündoğan são os ídolos de toda uma geração, até mesmo fora da Alemanha.

Related content