Informações e histórias emocionantes em todos os canais

Os jovens na Alemanha usam a internet 24 horas por dia
Os jovens na Alemanha usam a internet 24 horas por dia dpa/Christians
Na Alemanha existe a liberdade de imprensa e de opinião. Para os jovens a mídia número um é a internet.

Na Alemanha cada um pode escrever e dizer o que quiser, contanto que não fira os direitos fundamentais de outras pessoas. Isso é o que se chama de liberdade de imprensa e de expressão. Ela vale para todo mundo na Alemanha. E é protegida pela Lei Fundamental. Jornais, emissoras de rádio e televisão não pertencem ao governo e nem a partidos políticos, são empresas privadas ou integradas ao sistema de emissoras de direito público. E obviamente não há censura que estabeleça o que se pode dizer ou pensar.

Para os jovens as mídias fazem parte das coisas óbvias do cotidiano. Número um é a internet, seguida do rádio e da televisão. E mesmo que 90% dos jovens alemães utilizem as mídias sociais como facebook, WhatsApp e companhia, eles também leem livros, jornais e revistas, embora dediquem menos tempo a isso. Quando se trata de temas políticos, os jovens se informam em diferentes ­fontes: a maioria assiste ao jornal televisivo “Tagesschau”. Em seguida vem o site Spiegelonline e o google. Existem também emissoras de TV como Kika e notícias para o público jovem. No final de 2016 as grandes emissoras ARD e ZDF vão lançar na internet um canal especialmente para os jovens.

Garotas e garotos assistem a programas diferentes: as garotas entre 13 e 16 anos preferem as novelas, para os garotos os sitcoms estão em alta. A modelo Heidi Klum apresenta o programa “Germany’s next Topmodel”. Ela é o maior ídolo das meninas. Os meninos gostam do apresentador cômico Stefan Raab.

Talvez você conheça a sensação de não poder acreditar em tudo que lê na internet? Quando os jovens entre 12 e 19 anos precisam decidir em qual fonte acreditam mais, a maioria escolhe uma mídia análogica tradicional: o jornal diário (40%).

Related content