Skip to main content
Pesquisa e inovação

A Alemanha investe fortemente em pesquisa e desenvolvimento e está globalmente interligada em rede como polo científico.

Forschung und Innovation
© Gorodenkoff/stock.adobe.com
Vernetzte Wissenschaft

Ciência interconectada

O polo de pesquisa da Alemanha é voltado para a internacionalização, bem interconectado e aberto aos cientistas do exterior.
Mais informações
Sinopse

Desempenhos notáveis

Como a Alemanha promove a ciência, quais instituições moldam o cenário da pesquisa e onde projetos particularmente complexos são implementados.

Ambitionierte Spitzenforschung
© stock.adobe.com
Ambiciosa pesquisa de ponta

A Alemanha investe conscientemente na pesquisa e na ciência e está constantemente estabelecendo novas metas.

Mais informações
Außeruniversitäre Forschung
© Gorodenkoff/stock.adobe.com
Pesquisa extrauniversitária

Grandes organizações com renome internacional caracterizam o cenário da pesquisa alemã. Elas estão bem conectadas em rede em todo o mundo.

Mais informações
Faszinierende Großforschung
© dpa
A fascinante pesquisa de grande porte

A Alemanha oferece uma excelente infraestrutura para a pesquisa em equipamentos de grande porte, de fontes de raios-x até aceleradores de partículas.

Mais informações

Dados e Fatos

© stock.adobe.com/Vasyl
Studenten
© stock.adobe.com/Vasyl
390 universidades
O setor universitário alemão oferece excelentes condições, mesmo fora das metrópoles.
© stock.adobe.com/kasto
Hörsaal Studenten
© stock.adobe.com/kasto
2,9 milhões de estudantes
Mais da metade dos jovens na Alemanha estão começando hoje seus estudos universitários.
© stock.adobe.com/Hoda Bogdan
Mikroskop
© stock.adobe.com/Hoda Bogdan
104,8 bilhões de euros para pesquisa e desenvolvimento
A Alemanha é um dos poucos países que gasta mais de 3% de seu PIB em P&D.
Cerca de 400 mil pesquisadores
Os pesquisadores internacionais representam hoje 12% do pessoal científico na Alemanha.
© dpa
Max-Planck-Institut
© dpa
86 Institutos Max Planck (MPI)
Os MPIs são dedicados principalmente à pesquisa básica.
© dpa
Fraunhofer-Institut
© dpa
74 Institutos Fraunhofer
No Fraunhofer, o foco está na pesquisa aplicada.
© dpa
Leibniz-Gemeinschaft
© dpa
95 instituições de pesquisa da Comunidade Leibniz
O espectro de conteúdo dos Institutos Leibniz abrange desde a engenharia até as ciências humanas.
© dpa
Helmholtz-Gemeinschaft
© dpa
19 centros de pesquisa da Comunidade Helmholtz
Campos de pesquisa: Energia, Terra/Meio Ambiente, Saúde, Tecnologias-chave, Matéria e Transporte/Espaço sideral.
 Aussenwissenschaftspolitik

Política científica exterior engajada

A Alemanha prioriza também na política exterior a cooperação científica. O intercâmbio com regiões de crise desempenham um papel especial.
Mais informações
1995
1995
1995
© dpa
1995
Uma equipe e o eletrotécnico e matemático Karlheinz Brandenburg desenvolvem no Instituto Fraunhofer em Erlangen o formato de áudio digital MP3, hoje padrão em todo o mundo.
2008
2008
2008
© dpa
2008
Nove anos após a descoberta da magnetorresistência gigante, que permitiu aos discos rígidos modernos superarem a barreira de gigabytes, o alemão Peter Grünberg e o francês Albert Fert ganham o Prêmio Nobel de Física.
2012
2012
2012
© dpa
2012
O Instituto Europeu de Patentes condecora o físico de Heidelberg Josef Bille, inventor do procedimento Lasik, pelo conjunto de sua obra. Com quase cem patentes diferentes, Bille abriu caminho para a atual cirurgia refrativa ocular.
2014
2014
2014
© dpa
2014
Stefan Hell, diretor do Instituto Max Planck de Biofísica Química, recebe juntamente com dois pesquisadores norte-americanos o Prêmio Nobel de Química pelo desenvolvimento da microscopia de fluorescência de alta resolução.
2019
2019
2019
© Stock Rocket/stock.adobe.com
2019
A Conferência Conjunta de Ciência do governo federal e dos Estados adota um pacote que dá um claro impulso à pesquisa e ao ensino na Alemanha: com o “Tratado sobre o Futuro Reforço dos Estudos e do Ensino”, o acordo sobre “Inovação no Ensino Superior” e a continuação do “Pacto pela Pesquisa e Inovação”, os financiadores pretendem investir mais de 160 bilhões de euros durante os próximos dez anos.