Skip to main content
Cultura & Mídia

Jornais e Revistas

Graças às suas edições digitais, os jornais diários estão alcançando cada vez mais pessoas, ao mesmo tempo em que suas tiragens impressas estão diminuindo constantemente.
Zeitschriften
© contrastwerkstatt/stock.adobe.com

O panorama da diversificada mídia inclui cerca de 330 jornais diários, a maioria dos quais distribuídos regionalmente, 17 jornais semanais, bem como 1.600 revistas de interesse geral. Depois da China, Índia, Japão e EUA, a Alemanha é o quinto maior mercado de jornais do mundo. Em cada data de publicação são vendidos 13,5 milhões de jornais diários e 3,4 milhões de jornais semanais e dominicais (2019).

Os principais jornais diários suprarregionais – “Süddeutsche Zeitung”, “Frankfurter Allgemeine Zeitung”, “Die Welt”, “Die Zeit”, “taz” e “Handelsblatt” – são caracterizados pela pesquisa investigativa, análise, “background” e comentários abrangentes. A revista “Der Spiegel” e o jornal “Bild” são considerados as mídias mais citadas.

Setor editorial em transformação

Atualmente, o setor editorial está passando por uma profunda mudança estrutural. Os jornais diários vêm perdendo enormes tiragens impressas há 15 anos. Eles alcançam cada vez menos grupos de leitores jovens e estão em situação economicamente difícil na medida em que a circulação e as vendas de publicidade continuam a diminuir. A maioria dos jornais introduziu entretanto a obrigatoriedade de pagamento para acesso às suas edições digitais na internet.

O setor editorial está em transformação – também porque quase 800.000 exemplares de jornais vendidos diariamente são agora distribuídos digitalmente como e-paper e o número de assinaturas digitais está aumentando constantemente. Entretanto, um total de cerca de 38 milhões de pessoas na Alemanha ainda leem todos os dias um jornal diário impresso, enquanto 14,6 milhões de usuários desfrutam as ofertas digitais dos jornais diários.